• Denise Andreatta Zimmermann

10 sabotadores mais ativos e a inteligência positiva?

VOCÊ PODE USAR A INTELIGÊNCIA POSITIVA A SEU FAVOR DEIXANDO PARA LÁ OS SABOTADORES MAIS ATIVOS



10 sabotadores mais ativos e a inteligência positiva? Quem são os sabotadores e como combatê-lo, faça uso da inteligência emocional. Isto é o que vamos analisar neste post.


Shirzad Chamine*, no livro “Inteligência Positiva” já na capa avisa que só 20% das equipes e dos indivíduos conseguem alcançar seu verdadeiro potencial; convida os leitores a se desafiar a alcançar o seu.


O QUE SÃO SABOTADORES?


São os inimigos internos, “conjunto de padrões mentais automáticos e habituais, cada um com sua própria voz, crença e suposições que trabalham contra o que é melhor para você." (Chamine, 2013). São universais e são mecanismos que nos auxiliam a sobreviver; para que consigamos lidar com as ameaças que percebemos na vida, tanto emocional quanto física. Logo são padrões de comportamentos que criamos como resposta a situações corriqueiras da vida. Os 10 sabotadores mais ativos são responsáveis pelas sensações de fracasso e de desmotivação vivenciadas na vida pessoal e fora dela.


CONFIRA OS 10 SABOTADORES MAIS ATIVOS


Quais são?


1 – O CRÍTICO – principal sabotador pelo potencial destrutivo que carrega. Confundido como a voz da razão. Este inimigo da mente faz com que o indivíduo encontre defeitos excessivos em si mesmo, nos outros e nas situações, gerando ansiedade, estresse e culpa. Com equilíbrio, porém, a autocrítica pode ser bem positiva e gerar crescimento pessoal. O segredo está em saber balancear e não aceitar a mentira que ele conta para nós: que se ele você ou outros se transformariam em seres preguiçosos e sem ambição.


2 – O INSISTENTE – Induz a necessidade de perfeição e de ordem às últimas consequências. Provocar ansiedade e nervosismo. Busca persuadir a mente de que a perfeição é necessária. Como isso não costuma ser verdade, o efeito provocado é o de frustração constante, consigo mesmo e com os outros. Saber a hora de parar de insistir se torna, neste ponto, tão importante quanto a decisão de começar.


3 – O PRESTATIVO – Faz a pessoa correr atrás de aceitação e de elogios dos outros. O que faz com que perca de vista as próprias necessidades se chateie com os outros. Este inimigo faz parecer que ganhar afeição é sempre uma coisa boa, mesmo que a qualquer preço.


4 – O HIPER-REALIZADOR – a pessoa diz para si que só é digna de valor e de respeito se tiver desempenho excelente e realizações constantes. Costuma ser o grande alimentador do vício em trabalho, como se necessidades emocionais e relacionamentos fossem menos importantes. Quem aí nunca se sentiu um workaholic antes? Será que vale a pena?


FAÇA PEQUENAS MUDANÇAS E GERE GRANDES REVOLUÇÕES


Leia também: Mude o seu dia para melhor


5 – A VÍTIMA – Para ganhar atenção e afeto, este inimigo da mente incentiva reações temperamentais e emotivas em qualquer situação adversa. Oposto ao hiper-realizador, valoriza os sentimentos ao extremo e cria uma sensação de martírio que faz minar as energias mental e emocional.


6 – O HIPER-RACIONAL – Põe foco na racionalidade acima de tudo, inclusive nos relacionamentos, é a função deste sabotador da mente. Ele alimenta uma impaciência às emoções alheias e faz com que elas sejam vistas como indignas de consideração. Quando intenso ele limita os relacionamentos no tocante a flexibilidade e profundidade; e a pessoa é vista como fria, distante ou intelectualmente arrogante.


7 – O HIPERVIGILANTE – o sentimento que este sabotador desperta em quem o deixa falar alto é a ansiedade intensa em relação aos perigos que o cercam e que tudo vai dar errado. O estado de alerta constante gera uma grande carga de estresse que cansa não só o próprio indivíduo, mas também quem está perto. Será que a vigilância sem trégua é a melhor forma de evitar que situações ruins aconteçam?


SEJA SEMPRE A SUA MELHOR VERSÃO: VOCÊ PODE


8 – O INQUIETO – Permanentemente na procura por emoções maiores e, por isso, atrapalha o sentimento de paz e de alegria que poderia ser sentido no presente, caso o indivíduo prestasse mais atenção nele. Perder o foco e a apreciação pelo que está acontecendo agora é a grande ameaça para quem se deixa levar por ele. Manter-se ocupado, lembra o autor, nem sempre quer dizer uma vida intensa.


9 – O CONTROLADOR – Comandar, dirigir ações e controlar situações é a maior necessidade deste perfil sabotador. Ele pode até conseguir resultados em curto prazo de uma equipe de pessoas, mas no futuro gera um ressentimento nos outros que atrapalha as relações e impede que o grupo exerça sua capacidade plena.


10 – O ESQUIVO – Concentrar-se só nos aspectos positivos e prazerosos de uma situação faz com que este sabotador incentive a mente a adiar soluções e evitar conflitos, por mais que eles sejam necessários. O problema é que, comumente, o resultado de um comportamento baseado nisso é a explosão de conflitos sufocados que foram deixados de lado.


10 sabotadores mais ativos e a inteligência positiva? Acima você conheceu os sabotadores e na sequência você irá conhecer a inteligência positiva.


AGORA, ARREGACE A MANGA E COMECE A LIDAR COM SEUS SABOTADORES


Como lidar com os 10 sabotadores mais ativos fazendo uso da inteligência positiva?


1. Conhecer os seus sabotadores: uma alternativa é você avaliar seus sabotadores on-line em http: www.objetiva.com.br/testeinteligenciapositiva.


2. Enfraquecer seus sabotadores: tudo o que você precisa fazer é observar e rotular os pensamentos ou sentimentos que aparecem quando eles estão presentes. Por exemplo: “Ah, o crítico voltou para dizer que eu vou fracassar” ou “Aí está o esquivo de novo fazendo com que eu não faça o que tenha que ser feito”. Isto é falar do sabotador em terceira pessoa faz com que ele perca a sua força.


3. Fortaleça o seu sábio: é usar os poderes que ele tem para lidar com os desafios. Chamine dá um teste fácil para fortalecermos o sábio “pegue qualquer desafio do trabalho ou da vida e veja se pode ser alcançado mais efetivamente com os grandes poderes do sábio. Não caia nas mentiras sedutoras dos sabotadores; eles não são teus amigos e você não precisa deles. O sábio sempre oferece um caminho melhor”.


CONFIRA A DICA DO SÁBIO


Para relembrar as atitudes do sábio são:


Explorar com grande curiosidade e mente aberta; Ter empatia consigo mesmo e com outros e levar compaixão a qualquer situação; Inovar e criar novas perspectivas e soluções fora dos parâmetros convencionais; Navegar e escolher um caminho que melhor se encaixe em seus valores e missão mais profunda e básicos; Ativar e ter ações decisivas sem o tormento, a interferência e as distrações de seus sabotadores.


Tenho a esperança que este texto tenha provocado você pelo menos a buscar maior compreensão de sua cérebro, tanto quanto você procura se seu corpo. Afinal, como fala Chamine “é nosso cérebro que orquestra nossa experiência de vida”.





R. Dr. João Colin, 1285 - América, Joinville - SC, 89201-010, Brasil

©2020 por Instituto Realiza Terapias Integradas.