R. Dr. João Colin, 1285 - América, Joinville - SC, 89201-010, Brasil

©2020 por Instituto Realiza Terapias Integradas.

  • Denise Andreatta Zimmermann

4 dicas para potencializar o que você tem de melhor


Antes de dizer as 4 dicas para potencializar o que você tem de melhor, vamos discutir um pouco: o que é talento? Alguns dizem que talento é o que se faz com amor, o que dá entusiasmo em fazer; e com isto você faz bem e melhor. Outros falam que são sentimentos, pensamentos e comportamentos que se fazem com frequência e são usados de forma produtiva.


Fato: o talento quando descoberto pela pessoa a faz acreditar que pode mais do que imagina – de superar desafios - de ser excelente no que pratica e traz com isto a prosperidade.


Para Eugênico Mussak talento “é a capacidade de fazer benfeito um trabalho, aprender com relativa facilidade um assunto e, acima de tudo, sentir prazer em fazer o que faz. Portanto, ser um talento está mais voltado ao campo das escolhas pessoais do que do determinismo do destino — ao contrário do que pensa muita gente. É praticamente impossível não ser considerado um talento após dedicar parte de sua vida a um trabalho com empenho, determinação e afeto. Se você ainda não encontrou seu talento, deixe que ele encontre você.” *Afinal, qual é o seu talento? Revista Você s/a nº142, 01/04/2010, Por Eugênio Mussak


Então, reconhecer seus talentos, relacioná-los com os seus interesses, com suas competências e assim cultivá-los no projeto de vida e de carreira fará com que você cresça e apareça.


Logo, os talentos cada qual tem o seu, descobrir os seus é chave do sucesso, para que você possa transformar o talento em excelência, para isto é necessário montar o seu quadro de talentos, estabelecendo:


  1. uma clara visão dos objetivos a serem alcançados;

  2. as contribuições necessárias para a excelência;

  3. o plano de execução, levando em consideração: conhecimentos, habilidades e experiências que são necessárias, e isso se refere à formação adquirida;

  4. elencando com quem e como você se relaciona para alcançar um bom resultado.


Feito este quadro você pode aproveitar melhor as aptidões naturais e conseguir desempenho superior.


Lembre-se de que no ambiente de trabalho quando você coloca em evidencia os talentos em relação com os talentos de seus colegas de trabalho, pode se trabalhar em complementariedade e com isto a eficácia do grupo é maior e os resultados são amplificados.


Confesso: talento pode ser desenvolvido. Você pode ser excelente em qualquer coisa que se dedicar a fazer cada vez melhor. Para tanto faça a partir de hoje este exercício: observe nas suas atividades diárias e na sua rotina alguns indicadores de talento:


  1. Qual atividade lhe atrai mais quando realiza?

  2. Qual atividade que quando você faz não vê o tempo passar?

  3. Qual atividade que quando concluo, fico cheio de energia e não vejo a hora de fazer de novo?



Respondendo a estas perguntas você estará tomando a autoconsciência de seus talentos.


Últimas perguntas:


Como está a sua carreira nos últimos três anos? Quanto evolui? Quanto cresceu? Quais talentos mais utilizou? Quais talentos desenvolveu?


Então: quais são seus pontos fortes? Ou seja a soma de seus talentos + conhecimentos + habilidades + experiências eu o permitem se diferenciar dos demais.


Caixa de ferramenta:


  1. Trabalhe seus pontos forte – os potencialize para se destacar muito mais.

  2. Reconheça os seus talentos.

  3. Identifique os seus conhecimentos, habilidades e experiências.

  4. Visualize como redesenhar a sua posição atual de forma a manifestar o seu talento com todo o seu potencial.


Aproveite o exercício e as dicas! E depois conta pra gente o que achou, ok?